O frizz são nossos fios quebrados ou os que estão nascendo que ficam arrepiados por causa da eletricidade estática, quando o nosso fio está danificado ou ressacado (que pode ser devido a falta de hidratação, clima e a estrutura do fio) o frizz fica mais evidente, porque neste estado os fios ficam mais leves, sendo assim arrepiam com maior facilidade.

O formato enroladinho dos nossos fios, dificulta que a oleosidade do couro cabeludo seja levada por todo o comprimento, por isso é tão comum que nossos fios fiquem com frizz. Então não precisa ficar super neurótica se está com alguns fios arrepiadinhos tá?

Vou deixar no post de hoje 6 dicas que vão te ajudar a tratar o frizz, elas são simples, mas fazem toda a diferença:

1. Evite secar o cabelo utilizando toalha: Uma das causas que geram fios arrepiados é o atrito, opte por secar os fios com camisas de algodão ao invés de toalha.

2. Use pentes de madeira: Quando for desembaraçar os fios, opte por pentes de madeira ao invés de pentes de plástico, a madeira evita a eletrização e a quebra do cabelo, sendo assim os fios não ficam arrepiados.

3. Lave o cabelo com água fria ou morna: Lavar a cabeça com água quente deixa os nossos fios ressecados, se estiver muito frio, deixe a água no morno e a última lavagem (caso consiga) faça na água fria, ela serve como uma selagem para os fios.

4. Durma com fronha ou pano de cetim: Ao contrário do algodão, o cetim não absorve facilmente a oleosidade dos nossos fios, ele também não causa atrito com o cabelo, sendo assim os fios não amanhecem muito arrepiados.

5. Cronograma capilar:  Tem um post aqui no blog explicando passo a passo do cronograma capilar, ele também é importante para diminuir o frizz pois a hidratação devolve a água aos nossos fios,  a nutrição os óleos e a reconstrução as proteínas.

6. Desencana: Como eu falei no início do post, ficar neurótica por causa de alguns fios arrepiados é bobeira! Nossos fios crespos e cacheados têm frizz sim.

E aí? Já seguem essas dicas?

Anúncios