A transição capilar é sim um período muito difícil para uma cacheada, lidar com duas texturas, sendo que na maioria das vezes você nem sabe como é a “nova” textura é bem complicado. Tem também a baixa autoestima, para muitas meninas no período de transição o cabelo nunca está bonito.

CALMA!! Nem tudo está perdido, a transição é complicada sim, mas ela é passageira. E quando você consegue terminá-la, meu amor NINGUÉM TE SEGURA!!!

Para ajudar vocês eu resolvi fazer esse Manual de Sobrevivência haha e confesso que essas diquinhas são bem úteis, dá uma conferida:

1. Desencana e tenha foco!

Talvez de todas as dicas essa seja a mais complicada, mas ela depende completamente de você. Existem pessoas que vão tentar te desaminar e você pode ficar insegura com relação ao que os outros vão pensar do seu cabelo. Tem gente que vai dizer “prefiro seu cabelo como era antes”, “ele nunca vai cachear” e outras coisas ridículas, mas isso não importa! Você precisa focar no que quer e entender que para chegar lá é necessário passar por isso. Então se você desencanar e resolver torcer por cada centímetro novo de raiz natural, fica tudo mais fácil. Desencana!

2. Chame atenção para outras coisas

Use e abuse de maquiagens e acessórios. Você pode atrair a atenção das pessoas para outras partes que não sejam necessariamente o cabelo. Tente fazer aquele tutorial de make diva da sua blogueira favorita, compre laços, flores, turbantes e lenços para comporem o look. Essa é uma fase de descoberta! Pode ser, por exemplo, que você não goste de batons escuros atualmente, mas depois da transição passe a gostar. Faça o teste! A transição te muda tanto por dentro quanto por fora.

3. Faça bastante penteado

O que não falta no youtube são tutoriais de penteados. Você pode usar um coque mais despojado, fazer trança embutida, rabo de cabelo e tantas outras opções. Tudo depende da sua criatividade.

4. Box Braids

Existem pessoas que preferem passar pela transição usando os box braids, eu fiz um post aqui no blog falando especificamente do que eles são, depois você confere lá. Mas resumindo, são tranças com extensões de cabelos sintéticos, normalmente feitas de Kanekalon ou Jumbo e possibilitam proteção capilar e auxílio no crescimento dos fios. Muita gente passa pela transição usando os box braids para que a “nova” raiz fique um pouco maiorzinha e em seguida fazem o bc, se você gostar, pode fazer assim também.

5. Inspire-se

Acompanhe as redes socais de meninas que já passaram pela transição ou que também estão passando, converse com outras pessoas sobre o assunto para que você perceba que não está sozinha nessa e que existem outras pessoas com os mesmos medos e inseguranças que você. Inspire-se em pessoas que tenham a textura capilar semelhante a sua, isso vai te ajudar bastante a continuar focada e aprender dicas que funcionam bem com os seus cachos.

7. Evite a chapinha

Tente não usar chapinha! Tem gente que usa o babyliss para deixar o cabelo enrolado, mas ele danifica da mesma forma. O ideal é ir se acostumando com o seu cabelo natural.

8. Curta o curtinho

Eu sempre digo que o big chop deve ser feito quando você está preparada, existem pessoas que não tem coragem de cortar o cabelo bem curto e não tem nada de errado nisto! Cada um tem o seu tempo, então só corte quando estiver pronta.

Caso você não se importe em deixar o cabelo super curto e esteja realmente preparada, faça o big chop. Ele é o corte químico, com ele você fica apenas com uma textura e só precisa esperar o cabelo crescer. Eu fiz um post sobre o Tapered Cut que é um corte bem famoso que as gringas aderem quando fazem o BC, depois dá uma olhadinha lá, talvez ele seja aquilo que você busca.

9. Cuide do seu cabelo

Ama-se! Cuide dos seus cabelos, hidrate sempre, coma frutas, beba água e se possível faça o cronograma capilar (hidratação, nutrição e reconstrução). Um cabelo saudável tem mais brilho e força para crescer.

Gente, espero que esse manual tenha ajudado a vocês de alguma forma, se alguém tiver alguma dica para acrescentar é só comentar aqui! Beijooos

Anúncios